O que fazer em caso de fratura dentária?

Dentista infantil no Tatuapé em São Paulo

O que fazer em caso de fratura dentária?

A Odontopediatria da clínica OrtoPretti, avaliada como a melhor clínica dentária infantil de São Paulo, recebe muitas crianças acompanhadas por pais e professores que por algum acidente tiveram traumatismo dentário.

O traumatismo dentário compreende desde uma simples perda de um fragmento de esmalte dentário até o comprometimento do osso, gengiva que o sustenta, lábios, língua e bochecha. O atendimento dentário infantil em casos de quebras ou avulsões dentárias, de crianças  (quando os dentes são totalmente expulsos pelo trauma), tem em  sua maior incidência em dois momento da vida de uma criança, relata a especialista em tratamento odontológico infantil da clínica OrtoPretti.

O primeiro grande momento crítico para pais e professores, em caso de queda e fratura de dente infantil, é quando os pequenos começam a andar , fase em que a criança está curiosa e inquieta, sua coordenação motora ainda é muito imatura e o senso de autoproteção é praticamente desconhecido.

Nesta fase, o que fazer se o seu pequeno bater a boca, e tiver o dente de leite quebrado ou avulsionado?

A Odontopediatria da clínica OrtoPretti, localizada no Tatuapé, com sua experiência, sente-se segura em constatar que quanto mais os pais ou responsáveis se mantiverem calmos, menos traumático será a dura experiência de quebrar um dente, que pode vir acompanhado de sangramento na boca e na face. Ao detectar sangramento nos primeiros socorros na fratura dentária, deve-se limpar e estancar o sangramento local. O fragmento de dente deve-se coletado e um Odontopediatra capacitado e compreensivo como nossa dentista infantil, aqui da Ortopretti, deve ser consultado.

Mesmo que não haja sangramento, os pais e responsáveis devem estar atentos ás mudanças de cor dos dentes de leite traumatizados, mudanças de posição, e se está demorando em “cair”. Acompanhar com radiografias e consultas periódicas em um Odontopediatra de confiança, írá detectar alterações que possam vir a prejudicar o dente permanente.

Os dentes de leite, nunca devem ser reposicionados, sem a supervisão e orientação de um dentista infantil. Colocar os fragmentos em um copo com leite e procurar atendimento odontológico especializado em crianças é o mais indicado.

O segundo momento crítico de aumento de fraturas e quebras de dentes de crianças, é entre os cinco aos doze anos de idade. Fase que os esportes, brincadeiras, maus tratos e violência são tão intensas quanto a imatura noção de perigo.

Infelizmente o que nossa Odontopediatria mais vê, é a quebra dos dentes da frente, os centrais. Se houve a avulsão ou expulsão total do dente permanente, o responsável deve dar um banho de leite no dente, sem raspar ou esfregar e tentar reposicionar no local. Caso não consiga recolocá-lo, manter o dente no leite e procurar atendimento odontológico infantil.

A Odontopediatria da OrtoPretti, procura dar aos pais e crianças um atendimento que os tranqüilize, pois o tratamento escolhido, só será determinado após avaliar clinicamente por uma dentista especialista em crianças; a severidade do caso da quebra do remanescente dentário. E a melhor clínica de Odontopediatria do Tatuapé e região orgullha-se de não só procurar salvar o máximo possível o dente, mas salvar a auto-estima, os medos e os traumas de um indivíduo como um todo.

Quer saber mais como ajudar uma criança que caiu e bateu a boca? Agende sua consulta com a melhor Odontopediatria de São Paulo.